29/08/2015

Lagoense da Ridinha enfrentará Portuguesa da Bananeira pela semifinal da Copa Cachaça Jureminha neste domingo


Neste domingo, dia 30 de agosto, será realizado a primeira semifinal da Copa Jureminha 2015, entre as equipes da Portuguesa de Areia de Baraúnas e o Lagoense de São José do Sabugi. 
A partida terá seu início ás 15 horas, e no Estádio Otacilão, que fica localizado na Fazenda Pitombeira, entre as cidades de Santa Lúzia e Várzea. Quem vence estará classificado para a grande final da competição. Já o empate leva a decisão para os pênaltis.
A outra semifinal será realizada no dia 6 de setembro, também no Otacilão, entre as equipes do Verdão de Santa Luzia e a Seleção de Várzea.
Informação e foto: Chico do Rádio
Martir Silva/Futebol Paraibano

Abertas as inscrições para o Campeonato Regional de Futsal do Vale do Piancó em Itaporanga


Estão abertas as inscrições para o (CAMPEONATO REGIONAL DE FUTSAL DO VALE DO PIANCÓ), competição que será organizada pela Liga Itaporanguense de Futebol de Salão do Município de Itaporanga.
O congresso técnico será realizado dia 19 de Setembro de 2015 (sábado) às 9 horas da manhã, no ATLÂNTIDA ESPORTE CLUBE, com início da competição previsto para 09 de Outubro.
As inscrições para o Regional de Futsal do Vale do Piancó serão ao valor de R$ 350,00, sendo que cada equipe ganhará uma bola oficial da competição.
Cada equipe poderá inscrever no máximo 14 (quatorze) atletas. O campeão do Regional levará um prêmio em dinheiro no valor de R$ 1.000, 00 reais, mais troféu e medalhas e o vice fica com R$ 500,00 reais, mais troféu e medalhas. Artilheiro e Goleiro Menos Vazado receberão troféus e mais R$ 250,00 reais cada. Mais informações podem ser obtidas pelos celulares: (83) 99626- 8376 (TIM) e (83) 99663-0604, ou pelo e-mail yvanfrade31@gmail.com, com Ivandeilton Frade.
Apoio:
Milréis Futebol Clube de Itaporanga – PB
Realização:
Liga Itaporanguense de Futebol de Salão

Esporte Clube de Patos vai em busca de sua classificação no clássico diante do Nacional neste domingo


MARCOS NASCIMENTONo ultimo clássico entre Esporte e Nacional, que não acontecia a mais de 3 anos,  o jogo saiu empatado em 0X0 e o time do Esporte agora já com todos os jogadores do elenco regularizados e a disposição do Treinador Marcos Nascimento, só pensa em continuar líder do Grupo do Sertão.
Em entrevista ao site oficial, logo após o jogo em que o Nacional venceu o  Sabugy por 2X1, o Capitão do Time do Esporte, o volante Marcilio, disse que no Domingo passado contra o Nacional o time jogou pelo regulamento, ou seja, tendo em vista que o time só possuía 2(dois)  jogadores no banco de reservas a disposição do Treinador e tendo que jogar com alguns garotos da base no time titular, o treinador Marcos Nascimento buscou fazer um jogo tático com o objetivo de segurar o time do Nacional e jogar no erro do adversário e isso quase  acontece logo no primeiro tempo onde o time do Esporte teve duas boas oportunidades de gol e  poderia ter saído vitorioso, contudo, para ele no próximo clássico que acontecerá no próximo domingo o Esporte deverá continuar com a cautela que um clássico exige, entretanto, a ordem é buscar o resultado para garantir a classificação, visto que 2(dois) Clubes se classificam para a próxima fase e o Sabugy tendo perdido para o Nacional só poderá chegar a 6 pontos e ganhando o jogo o Esporte estará matematicamente classificado.
O Site Oficial também esteve com o Treinador Marcos Nascimento que fez algumas ponderações sobre o atual elenco do Esporte de Patos, para Marcos Nascimento o time ainda precisa de alguns reforços e que ele entende que mais três jogadores poderia dar ao time mais robustez para buscar o acesso, contudo, ponderou que sabe da nossa realidade financeira e que entende que os atletas do elenco possuem qualidade técnica e mostraram disciplina no ultimo jogo, onde enfrentaram um elenco forte e mesmo com poucos jogadores a sua disposição conseguiram barrar as empreitadas do adversário e criar boas oportunidades de gol. 
Quanto ao jogo de domingo, novamente contra o Nacional, o treinador acredita que tanto o Esporte que já conseguiu o registro de todos os seus jogadores, quanto o Nacional, deverão protagonizar um excelente jogo aos torcedores que se fizerem presente ao Estádio José Cavalcanti.

Fonte: Site do Esporte Clube de Patos

28/08/2015

Cinco equipes já estão classificadas para as quartas de finais do Intermunicipal de Futsal em Santana do Seridó


As oitavas de finais da 11ª Copa Intermunicipal de Futsal de Santana do Seridó teve mais três jogos realizados na noite desta sexta-feira, mas três equipes garantiram vaga para as quartas de finais da competição.
Na quinta-feira foram realizados dois jogos, Cesama e L&L Confecções de Parelhas garantiram suas classificações, na noite desta sexta mais uma equipe parelhense passou, a Serraria União venceu o Real Sociedad do Junco do Serido e está classificada, quem também classificou-se foi o Chlelsea de Santa Luzia que venceu o Inter São Joseense nos penaltis após empate em 3x3 no tempo normal da partida, e o Sport  clube São Joseense venceu o 09 de Abril por 4x2 e garantiu sua vaga ns quartas.

Chelsea 3x3 Inter São Joseense(Penaltis: Chelsea 5x4)
Chelsea: Botinha, Juninho, Wéslei, Jerônimo, Valber, Lucas, Petrônio, Nielson, Marciel e Everton.
Gols: Wéslei, Jerônimo e Valber
Inter São Joseense: Jó, Miécio, Joacy, Jonatas, Wanderlei, Danilo, Italo Cesar, Adeilton, Charles, João Victor.
Gols: Joacy 2 e Jonatas 1.

Sport Clube São Joseense 4x2 09 de Abril
Sport: Bebeto, Gutinho, Welisson, Belmiro, Caio, Jackson, Renildinho, Orlanildo, Ebinho, Sales, Filão e Ramon.
Gols: Welisson 2, Gutinho 1 e Belmiro 1.
09 de Abril: Marcelo, Xaquila, Thiago, Luiz, Norman, Adeilson, Bastião, Bastinho e Bega.
Gols: Thiago 2.

Serraria União 3x2 Real Sociedad
Serraria União: Marcelo, Bilú, Essinho, Diego, Ademário, Rony, Li, Josenildo, Elinton, Junior Potiguar e Fagner.
Real Sociedad: Jackson, Naldinho, Thiago, Wellington, Lenialdo, Lessinho, Magrão, Bent e Jeferson.

Os últimos três jogos das oitavas de finais serão realizados neste sábado(29), e são os seguintes:
 
19h10min Cruzeiro X River  
20h00min Atlético  X São Mamede  
20h50min Guarani X Marotos

Portal Esporte São José do Sabugi

Arbitragem da 4ª rodada da 2ª Divisão do Paraibano


 
A Federação Paraibana de Futebol (FPF) divulgou a escala de arbitragem da 4ª rodada do Campeonato Paraibano 2ª Divisão 2015.

Grupo Agreste:
Picuiense x Grêmio Serrano
Domingo, 15 horas 15 minutos, Estádio Galdinão, em Pocinhos
ÁrbitroLaurisma Alves
Assistentes: Daniel Felix e Gerson Ramos
Quarto árbitro: Tiago Ramos
Grupo Litoral:
Desportiva Guarabira x Femar
Domingo, 16h00, Estádio Sílvio Porto, em Guarabira.
Árbitro: José Diógenis
Assistentes: Nilton Atanazio e Cleonaldo dos Santos
Quarto árbitro: Francisco Gilson
Grupo Sertão 1:
Nacional de Patos x Esporte de Patos
Domingo, 17h00 Estádio José Cavalcanti, em Patos
Árbitro: Josemarques Domingues
Assistentes: Oberto dos Santos e Tomaz Diniz
Quarto árbitro: Leonardo Gomes
Grupo Sertão 2:
Cruzeiro x Nacional de Pombal
Domingo, 16h00, Estádio Perpetão, em Cajazeiras
Árbitro: Antônio Carlos Rocha
Assistentes: Gilvanêz Araújo e Julio César Patos
Quarto árbitro: Marcondes Francisco

Fonte: FPF
Martir Silva/Futebol Paraibano

Inter e Sport de São José do Sabugi entram em quadra hoje a noite no Intermunicipal de Futsal em Santana do Seridó


Os representantes de São José do Sabugi entram em quadra hoje a noite pelas quartas de finais da 11ª Copa Intermunicipal de Futsal de Santana do Seridó.
O Inter São Joseense entrará em quadra ás 19h10min e enfrentará o Chelsea de Santa Luzia, enquanto que o Sport Clube São Joseense enfrentará a equipe do 09 de Abril de Santana do Seridó, jogo que está marcado para iniciar as 20h00min.
O outro jogo da noite será entre Serraria União de Parelhas e Real Sociedad do Junco do Seridó.
As oitavas de finais teve seu ontem ontem e o Cesama e L&L Confecções, ambas de Parelhas se classificaram.
Os últimos três jogos serão realizados neste sábado(29), e são os seguintes:
19h10min Cruzeiro X River 20h00min Atlético  X São Mamede 20h50min Guarani X Marotos





Portal Esporte São José do Sabugi

Presidente da FPF se irrita e rebate críticas do técnico do Sport Campina


Amadeu Rodrigues, presidente da FPF (Foto: Hévilla Wanderley / GloboEsporte.com)
Foto: Hévilla Wanderley / GloboEsporte.com
O presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, ficou extremamente irritado com as críticas feitas pelo treinador do Sport Campina, Marcos Vinícius, que atribuiu à FPF a culpa pela goleada sofrida por sua equipe no jogo diante da Picuiense, nesta quarta-feira. Ao contrário do técnico, que chamou a FPF de "vergonha", Amadeu disse que todo o problema do Sport Campina foi ocasionado por um erro cometido pelo próprio clube, que não conseguiu utilizar corretamente o sistema de registro de atletas disponibilizado pela CBF.
- Eu já disse isso a eles pessoalmente que o erro não foi nosso. Abri as portas da Federação Paraibana, mostrei como o sistema de registro funciona. E que este é acessado diretamente pelos clubes, sem nenhuma intervenção da Federação. Mostrei que o Sport Campina tentaram incluir no BID atletas que nem contrato registrado tinham ainda - comentou.
Depois, ele prometeu para esta sexta-feira uma nota oficial sobre o caso. E prometeu em tom irritado mostrar quem de verdade "é uma vergonha":
- Estamos preparando uma nota. Para que fique todo mundo sabendo que a Federação não tem nada a ver com o erro que foi cometido pelo clube - retrucou Amadeu.
Na quarta-feira, o Sport Campina foi goleado pela Desportiva Picuiense por 5 a 0 e, segundo o treinador Marcos Vinícius, sem vários atletas que ficaram impossibilitados de entrar em campo por não terem seus nomes divulgados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.
A equipe de Campina Grande, que segue sem nenhuma vitória em competições oficiais desde sua fundação, aparece na última colocação do Grupo do Agreste da 2ª divisão do Campeonato Paraibano.
Na chave do Sport Campina, quem aparece na liderança é o Serrano, que tem seis pontos, três a mais que a Picuiense, segunda colocada.

Por

Campina Grande 

Com time irregular, Petrolina vence Araripina de virada na estreia do A2 do Pernambucano


Araripina e Petrolina fizeram jogo movimentado na estreia do Pernambucano A-2 (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio
De um lado, equipe sem reservas e goleiro tirando onda de atacante, do outro, um time com jogadores irregulares. Foi assim a estreia do Araripina e do Petrolina, no Chapadão do Araripe, pela Série A-2 do Campeonato Pernambucano. Enquanto o técnico do Bode, Cleibson Ferreira optou por colocar em campo apenas os jogadores com nomes divulgados no Boletim Informativo Diário - BID - da Confederação Brasileira de Futebol - CBF, o que dá condições regulares de jogo, o treinador da Fera Sertaneja, Neco, colocou em campo jogadores que não tiveram os nomes divulgados. Se fora de campo o jogo já tinha movimentação, dentro não foi diferente. Com virada no placar, o Petrolina venceu a partida por 3 a 1.
Técnico Cleibson Ferreira não pôde fazer nenhuma substituição ao longo do jogo contra o Petrolina (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio
O Araripina chamou atenção pelo banco de reservas vazio e pelo goleiro Romero jogando como atacante. Tudo porque a equipe só tinha onze jogadores regulares no BID, sendo dois deles, arqueiros. Mas foi justamente o goleiro-atacante que abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo. Coincidentemente, o primeiro jogo da competição em 2014 foi entre as duas equipes e na ocasião, Diego, goleiro do Petrolina foi quem marcou o seu. Mas a alegria dos donos da casa foi logo interrompida pela Fera Sertaneja. Após cobrança de escanteio, aos 27 minutos, Jeferson Petrolina cabeceou e empatou o jogo. No minuto seguinte, foi a vez de Felipe Mateus aproveitar lançamento pela esquerda e cabecear para o gol. Placar de 2 a 1 para o Petrolina.
No segundo tempo, o Bode voltou a campo desfalcado. Yuri que estava sentindo a perna ficou de fora. A fera Sertaneja aproveitou para administrar o jogo. Mas quando Gabriel foi expulso, aos 28 minutos e o Araripina ficou com apenas nove jogadores, o Petrolina passou a pressionar os donos da casa. A insistência teve resultado novamente aos 34 minutos, quando Ícaro, que entrou no lugar de Felipe Mateus, marcou o seu. Nesta altura do jogo, a torcida do Araripina já deixava o estádio. Mesmo com a frustração nas arquibancadas, quem não desistiu do time foi Yuri, que mesmo contundido voltou ao gramado para ajudar o Araripina. Mas o esforço não adiantou e o jogo acabou mesmo em 3 a 1 para o Petrolina.
Na próxima rodada, no domingo, o Araripina recebe a equipe de Afogados da Ingazeira no Chapadão do Araripe, às 16 horas. Já o Petrolina recebe o Serrano no Paulo Coelho.

Por Globoesporte.com
Araripina, PE

Ex-menino de rua já comeu restos e morou de favor com traficante; hoje é ídolo na Europa

Dodo é o camisa 10 do FK Qäbälä, que disputa o playoff da Liga Europa
Dodô é o camisa 10 do FK Qäbälä, que disputa o playoff da Liga Europa
O cheiro da cama de papelão no asfalto do Rio de Janeiro sempre mais familiar do que o de um berço em um quarto aconchegante. Como sonhar com aquele barulho de carro passando por casa sem número, paredes, energia elétrica ou água potável?
Estudar? Só se fosse o que dizer para convencer alguém a comprar bala na porta do cinema. Se pintasse a grana, todo mundo se alimentava. Caso contrário, o jeito era se virar com os restos de comida deixados na encantadora Copacabana. Negro, pobre, filho de mãe solteira e pedindo esmola por aí. A "sentença de vida" durou mais de uma década, até que a oportunidade apareceu.
Atualmente conhecido como Dodô, Luiz Paulo Hilário não seguiu o caminho para qual o destino tentou o empurrar por anos e trocou as ruas pelos campos internacionais. Nesta quinta-feira, o atacante entrará em campo para defender o Qabala, do Azerbaijão, na partida contra o Panathinaikos, pelo playoff da Europa League - o país é asiático, mas disputa competições europeias.
Em uma reviravolta que parecia improvável, o agora jogador de futebol aplicou um drible desconcertante nas estatísticas e livrou-se de um passado que teve de tudo um pouco, quase sempre da forma mais triste. Uma história que não deve em nada para qualquer filme de drama: com crime, preconceito e superação.
Nascido no Rio de Janeiro em 1987, Dodô trabalhava vendendo doces na porta do cinema desde que passou a entender um pouco mais sobre a vida. Filho de Maria da Graça, o garoto tinha oito irmãos, alguns entregues a outras famílias por falta de condições e outros já adultos, sem qualquer laço familiar.
"Minha primeira casa foi a rua. Morei mais nela do que em qualquer outro lugar com a minha mãe e com meus irmãos. Vendíamos bala na porta de cinema e pegávamos lavagem no final do expediente, restos de comida dos mercados de Copacabana. Quando dava meia-noite eles já fechavam e botavam a caçamba para fora. A gente recolhia os restos de lá", diz em entrevista ao ESPN.com.br.
"Minha mãe educou a gente mesmo não tendo educação de uma família normal, com escola e casa. Ela soube lidar com tudo e a nossa escola foi a vida. A cada dia acordávamos no meio da rua, vendendo doces, tomando conta de carros, pedindo dinheiro. Muitas vezes só conseguíamos comer graças a ajuda de alguém que pagava."

Não bastassem todas as dificuldades impostas pelas precárias condições, o menino ainda teve que conviver com o forte preconceito. No sufoco, Maria da Graça conseguiu um barraco na comunidade Pavão Pavãozinho, entre Ipanema e Copacabana. Mas o que poderia ser o rascunho de um lar desmoronou pouco tempo depois.
A mãe de Dodo foi presa pouco tempo depois, acusada de furto, e ele passou três anos morando de favor na casa de amigos do morro para não ficar largado.
"Uma vez minha mãe vendia doces em um cinema, e eu tomava conta dos carros lá. Indo para casa um dia eu pedi a ela para comprar um sorvete. Então, paramos em carrinho. Uma senhora estava na frente dela e foi pagar um sorvete, mas o problema foi que o vale transporte dela sumiu. Como a minha mãe recebia muito vale de pagamento pelos doces e outras coisas, a senhora a acusou minha mãe de ter roubado. Então, minha mãe foi presa e ficou quase três anos na cadeia", revela.
Foi assim, sem companhias, que o garoto descobriu todas as formas de exclusão. Ir até a lanchonete era ter a certeza de que as pessoas olhariam desconfiadas. Mas ainda havia a chance de entrar, diferentemente do cinema, que, pelo menos para ele, exigia "roupa adequada" e corte de cabelo.
A única diversão garantida era o futebol no morro.
De Bangu para a Europa?
Outro tombo veio quando dona Maria da Graça deixou a prisão. O barraco no Pavão Pavãozinho já estava ocupado por outra pessoa, e sua família foi despejada. Um novo lar foi construído após sua mãe se casar pela segunda vez, mudar para Bangu e ter mais três filhos.
No humilde bairro carioca a vida deu uma trégua para Dodô. Já longe das ruas, o garoto começou a se destacar como jogador em escolinhas gratuitas. Aos 11 anos, veio uma chance na base do Vasco, que não deu certo.
Quatro anos mais tarde apareceu uma grande oportunidade. O então adolescente Dodô trabalhava em uma barraca de praia e usava o tempo livre para jogar futebol nas areias da Copacabana. Foi assim, de forma quase despercebida, que um empresário notou a habilidade do jovem e o levou para um teste na Espanha.
"Fui bem e o pessoal do Hércules queria me contratar, mas meu empresário não deixou assinar porque achou que o time era muito pequeno. Tentamos o Barcelona B e não deu certo porque não tinha espaço, já que eles tinham jogadores do mesmo nível", diz.
"Caridade" do tráfico e crime
A frustração na Europa só não foi pior do que o retorno ao Brasil. Pouco tempo depois, dona Maria da Graça morreu. Sem espaço na minúscula casa da irmã, que se virava para criar os sete filhos, e sem laços com os demais familiares para pedir moradia, Dodô foi acolhido por um traficante de uma comunidade carioca.
Foi no morro que o garoto conheceu outra face da dura realidade: drogas e crime.
"Eu vi muita coisa. Cheguei a fumar maconha e usar ecstasy, mas nunca cheirei pó nem nada. Nunca me envolvi com o tráfico e nem tinha coragem de fazer nada, não podia me meter nos assuntos dele porque tinha que respeitar a vontade deles", revela.
"Por duas vezes eu roubei e me arrependo muito cada vez que eu me lembro disso. Não sou de pegar nada de ninguém, nunca fui. Foram as piores coisas da minha vida, mas, graças a Deus, nunca mais me envolvi com isso."
Padrinho Eduardo da Silva e o estrelato
Tudo parecia perdido para o já adulto Dodô quando apareceu uma última esperança de ingressas no mundo da bola. O atacante indicado para um teste em uma vaga como zagueiro do modesto Juventus de Realengo e foi aceito no time. Em seguida, veio a passagem pelo Ceres, que mudou de vez o caminho do jogador.
No clube carioca, ele foi companheiro de time de Bruno, irmão do centroavante Eduardo da Silva, e conheceu Narley Lopes, grande amigo da família. A relação com o astro naturalizado croata a deu a Dodô a chance de atuar na Croácia. E nunca mais a vida foi a mesma.
O sucesso começou a aparecer no Dinamo de Zagreb, onde brasileiro conquistou dois títulos antes de chegar ao Qabala e virar ídolo no Azerbaijão, tendo a chance de disputar o segundo maior torneio da Europa, algo que parecia impossível há pouco tempo.
"Estou aqui há quase cinco anos e devo me naturalizar em breve para jogar pela seleção, seria um sonho. O pessoal aqui pede para eu defender a seleção", comemora.
Rua, fome, restos e preconceito. Desde pequeno, Dodô aprendeu a fórmula de sobrevivência de muitas crianças espalhadas pelo Brasil. Se dependesse da bondade de um país cada dia mais intolerante, o hoje jogador de futebol dificilmente estaria em liberdade atualmente para contar sua própria história. Mais do que isso, estaria impossibilitado de ajudar outras crianças a conquistarem o que ele não teve até os 21 anos: uma chance.
"Agora estou com um projeto de ajudar crianças da Vila Kennedy por meio do teatro. O projeto chama ‘Nós por Nós'. Estou para ir ao Brasil e fazer um evento com eles. Quero retribuir tudo o que eu consegui para que elas tenham mais oportunidades na vida e queremos ajudá-las."

ESPN UOL

Veja alguns números da Segunda Divisão do Paraibano

Com 12 jogos disputados, a primeira fase do Campeonato Paraibano Segunda Divisão 2015, chegou a sua metade nesta quinta-feira, com os seguintes números.

Melhor ataque: Picuiense; 6 gols
Pior ataque: Femar e Sport Campina; 0 gol
Melhor defesa: Desportiva Guarabira; 0 gol
Pior defesa: Femar e Sport Campina; 6 gols
Maior goleada: Picuiense 5x0 S. Campina
Placar mas repetido: 2x1 (3 vezes)
Vitória doa mandantes: 6 vezes Vitória dos visitantes: 5 vezes Empate: 1; Esporte 0x0 Nacional de Patos

ARTILHARIA:
3 Gols: Nego Pai (Picuiense) 2 Gols: Peixinho (Internacional) 2 Gos: Leandro (Paraíba EC) 1 Gol: Ravelly (Desportiva) 1 Gol: Bob (Desportiva) 1 Gol: Eduardo (Desportiva) 1 Gol: Nielson (Desportiva) 1 Gol: Seninha (Internacional) 1 Gol: Gilmar (Serrano) 1 Gol: Marcelo PB (Serrano) 1 Gol: Panda (Serrano) 1 Gol: Giullian (Serrano) 1 Gol: Diego (Picuiense) 1 Gol: João Luiz (Picuiense) 1 Gol: Juninho (Picuiense) 1 Gol: Hernadez (Esporte-Patos) 1 Gol: Adriano Pará (Cruzeiro) 1 Gol: Rogério Senna (Paraíba) 1 Gol: Manú (Nacional-Pombal) 1 Gol: Giva (Sabugy-Santa Lúzia) 1 Gol: Tandera (Nacional-Pombal) 1 Gol: Gilson (Nacional-Patos) 1 Gol: Delany (Nacional-Patos) 1 Gol: George (Paraíba) 1 Gol: Fernado (Nacional-Pombal)
 
Martir Silva/Futebol Paraiban

Copa Intermunicipal de Futsal em Juazeirinho terá inicio na próxima segunda(10)


Foto: Ailton Trajano
Terá inicio na próxima segunda(31) a Copa Intermunicipal de Futsal em Juazeirinho, são 20 equipes que participarão, sendo 10 de Juazeirinho e 10 de outras cidades da região.
As equipes de Juazeirinho que participarão são as seguintes: Roma, Marotos, Samboys, Arsenal, Buchadense, Só Nois, Frajolas, São Lucas, Auto Esporte e Juventude.
As outras 10 equipes são das seguintes cidades: Soledade, Olivedos, Junco do Seridó, Taperoá, Gurjão, Tenório, Areia de Baraunas, São João do Cariri e Assunção.
As equipes de um grupo enfrentarão as do outro, e classificam as quatro melhores em cada grupo para a 2ª fase da competição.

Portal Esporte São José do Sabugi

Equipes de base do São José voltam aos treinos neste final de semana


As equipes de base do São José Futebol Clube voltam aos treinos neste final de semana, no sábado com inicio ás 07h00min da manhã será a vez do sub 15 e sub 17 que tem o comando do treinador George PB e auxiliado por Antonio Baixinho.
Já no domingo também com inicio ás 07h00min será a vez do sub 10 e sub 13 que tem o comando do treinador Nelo a auxílio de Antonio Baixinho.
Todos atletas que fazem parte das categorias de base do São José F.C. estão convidados a comparecerem aos treinos, a equipe está sendo preparada para as futuras competições que disputará quando tiver na região, caso tenha alguma ainda neste ano a equipe irá participar, caso não tenha iremos nos preparar para as competições da Liga Patoense de Futebol em 2016.

GM-Assessora de Imprensa

Com dois a menos Nacional de Pombal vence Paraíba no Perpetão


Foram dois lances de bola parada. Um em cada tempo de jogo e o Nacional de Pombal saiu com os três pontos de Cajazeiras. Apesar de jogar em casa e ter no final do segundo tempo jogadores a mais, o Paraíba não conseguiu pontuar. A partida começou equilibrada, com o time de Cajazeiras tentando criar, mas esbarrando na defesa pombalense.

Mas foi o Nacional que abriu o placar, aos 14 minutos. Após cobrança de falta, Fernando recebe na área do rival e chuta de perna esquerda. O Paraíba tentou, tentou, mas só conseguiu o empate no início do segundo tempo. Com um minuto de jogo, Cacheado cruzou para George, que deixou sua marca. Depois disso, o time da casa começou a gostar do jogo e passou a dominar a partida, mas aos 15 minutos, o Nacional fez o segundo com o veterano Tandera em mais um lance de bola parada, dando números finais à partida

Não foi um final de jogo fácil para o Nacional de Pombal. Aos 29 minutos, o time perdeu Fernando, auto do primeiro gol do time, e aos 47, perdeu Jaime. Fernando recebeu o segundo cartão amarelo após entrada dura em Cleitinho. No caso de Jaime, foi por retardar a partida.

Mesmo com as duas perdas, o time visitante conseguiu segurar o Paraíba e conquistou a vitória fora de casa

Líder, o Nacional chegou aos seis pontos, enquanto o Paraíba tem três. O time de Pombal volta a Cajazeiras no próximo domingo para enfrentar o Cruzeiro de Itaporanga. Já o Paraíba folga e pode aproveitar para ver os dois rivais. O Cruzeiro vai em busca da primeira vitória na competição. A partida vai começar às 15h15.

Do Globoesporte.com

Foto: Blogdofurão

27/08/2015

Amistoso Intermunicipal de Voleibol Masculino e Feminino: São José e Milreis de Itaporanga se enfrentarão doa 05 de setembro em São José do Sabugi


Foi confirmado pelas diretorias do São José Vôlei Club, José Lázaro e do Milreis de Itaporanga, Ivandeilton, um amistoso de voleibol em São José do Sabugi nas categorias masculino e feminino.
As partidas serão realizadas na Quadra Poli Esportiva Genésio Procópio de Medeiros no dia 05 de setembro e terá inicio ás 17h00min.
Será a primeira vez que as duas equipes se enfrentam, será uma boa pedida paras os torcedores e desportistas da cidade comparecerem e verem de perto duas grandes partidas de voleibol.

Portal Esporte São José do Sabugi

Nacional vence Sabugy no JC pela 2ª Divisão do Paraibano

Foto: Isaac Junior
Em jogo realizado no Estádio Municipal José Cavalcanti em Patos, o Nacional venceu o Sabugy de Santa Luzia por 2x1, Gilson e Delany marcaram para o Nacional enquanto que Giva descontou para o Sabugy.
O Nacional entrou em campo com a seguinte formação:
Ricardo, Tiago Granja, Henrique, Maceió e Camilo;
Nau, Mael, Deda, depois Delany e Robertinho, depois Juan;
Carlinhos e Gilson.
Técnico: Jazon Vieira
O Sabugy entrou em campo com a seguinte formação:
Breno, Sandivan, Leandro, Inacio Bruno e Kaike;  
Mateus, Neto, Lafinha e Edinho;  
Josivan, depois Jean e Giva. 
Técnico: Claudio Oliveira
Como anormalidade teve a expulsão do atacante Gilson do Nacional no 1º tempo da partida.
Com o resultado Nacional e Esporte dividem a liderança do Grupo do Sertão com quatro pontos cada, já o Sabugy segue sem pontuar na competição.
Foi um bom jogo em que o Nacional iniciou melhor, más com o Sabugy sempre atacando, e após o atleta Gilson do Nacional ser expulso o Sabugy ficou melhor na partida, empatou o jogo e quando continuava jogando bem levou o segundo gol aos 42 minutos do 2º tempo.
O próximo jogo do Nacional será diante do Esporte no próximo domingo, já o Sabugy voltará a enfrentar o Nacional na próxima quinta-feira.

Portal Esporte São José do Sabugi

FPF Pretende fazer Paraibano 2016 com 13 datas como determina a CBF, e pretende reeditar a extinta Copa Paraíba


A CBF divulgou nesta semana o calendário do futebol brasileiro para a próxima temporada. E com impacto imediato no Campeonato Paraibano, já que o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, garantiu que vai seguir à risca o que determina a programação e realizar a competição em apenas 13 datas - priorizando a participação dos clubes na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil.
- Não existe possibilidade do Campeonato Paraibano fugir daquilo que foi determinado pela CBF. Esse ano, não pudemos mexer no regulamento por causa do Estatuto do Torcedor. Mas para 2016, vamos mudar. E para melhor. Vamos fazer um campeonato em 13 datas e estudar o melhor regulamento para isso - avisou Amadeu Rodrigues.
 O presidente da FPF sabe que não será fácil convencer todos os clubes. Mas também não parece preocupado com isso. Amadeu está em entendimento com o Ministério Público e a determinação da CBF é uma arma que tem nesse sentido.
- Já está na hora do futebol paraibano deixar de ter vontade própria. A FPF deve seguir as determinações da CBF, mesmo que outros estado não o façam. Temos a responsabilidade de fazer isso aqui - avisou.
Amadeu Rodrigues se mostra tão decidido a fazer "um novo Campeonato Paraibano", que já avisou que vai convocar nos próximos dias uma reunião com o conselho arbitral para apresentar oficialmente o novo calendário do futebol brasileiro e começar a discutir uma nova fórmula para a disputa estadual.
- Vamos reunir o quanto antes os clubes. A princípio, os oito que já estão garantidos, já que ainda não sabemos quem sobe da segunda divisão. A ideia é começar a definir um esboço de regulamento.
Uma das ideias que a FPF vai defender na reunião do Conselho Arbitral é a volta de uma competição no segundo semestre, nos moldes da extinta Copa Paraíba. Só que, ao invés de ser uma competição sub-21, Amadeu Rodrigues defende que seja uma disputa entre profissionais e valendo vaga para alguma competição promovida pela CBF, como Copa do Brasil ou Copa do Nordeste.
- Sei que alguns clubes vão reclamar de um campeonato com apenas 13 datas. Eles falam da pouca exposição dos patrocinadores. Para isso, vamos propor uma outra disputa, que pode começar em julho e ir até o fim do ano. É só uma questão de nomenclatura. Porque até a premiação pode ser interessante, com uma vaga em alguma competição, tal qual o Paraibano - explicou.
Fonte: Globoesporte.com

Com o São Joseense kaike de titular, Sabugy definido para enfrentar o Nacional pela 2ª Divisão do Paraibano

O treinador Claudio Carioca definiu o Sabugy para o jogo de hoje a noite em Patos diante do Nacional, a equipe estará sem dois titulares, o atacante Thiago e o meia Juscelio que não estão com os nome divulgados no BID e não poderão atuarem nesta partida.
Confira a escalação do Gavião do Vale para esta partida:
Breno, Sandivan, Leandro, Inacio Bruno e Kaike;
Mateus, Neto, Lafinha e Edinho;
 Josivan e Giva.
Reservas: Jackson, Jonh Lennon, Juninho, Rodrigo, Jean e Elber.
Técnico: Claudio Carioca.
Foto: Kaike Silva(Facebook)
O lateral esquerdo Kaike de São José do Sabugi entrará de titular na equipe, será a primeira partida desde o inicio dos trabalhos quando realizou algumas partidas amistosas que Kaike será titular, desejamos boa sorte a ele, no ultimo jogo diante do Esporte entrou no segundo tempo da partida e atuou muito bem.
O jogo terá inicio ás 20h30min e será realizado no Estádio Municipal José Cavalcanti em Patos diante do Nacional Atlético Clube.

 
Portal Esporte São José do Sabugi

Sabugy está concentrado e vai em busca de sua primeira vitória diante do Nacional hoje no JC


Foto: Nerinho de Souza
O Sabugy de Santa Luzia joga logo mais a noite na cidade de Patos pelo Campeonato Paraibano 2ª Divisão, o adversário será a equipe do Nacional e o Gavião do Vale vai em busca de sua primeira vitória na competição.
A equipe concentrada para o jogo e terá duas baixas para esta partida, o atacante Thiago e o meia Juscelio ainda não estão liberados, seus nomes ainda não constam no BID e será desfalque para o jogo de hoje.
O Sabugy vai em busca de sua primeira vitória na competição, na estreia foi derrotado por 1x0 para o Esporte de Patos.
O jogo terá inicio ás 20h30min e será realizado no Estádio Municipal José Cavalcanti em Patos e terá transmissão da Radio Cabugi do Seridó de Jardim do Seridó-RN, com locução de Jarbas Fonseca, comentários de Chico do Rádio e reportagens de Nerinho de Souza.

Portal Esporte São José do Sabugi

Internacional-PB e Picuiense goleiam pela 2ª Divisão do Paraibano


Picuiense goleia Sport Campina e se aproxima do Serrano (Foto: Silas Batista / GloboEsporte.com)
Oito gols em apenas dois jogos. A rodada de meio de semana da 2ª divisão do Paraibano foi aberta nesta quarta-feira com dois jogos e a Picuiense e o Internacional-PB fizeram bonito e arrasaram seus adversários. Pelo Grupo Litoral, o Inter de Santa Rita enfrentou o Femar, no Teixeirão, venceu por 3 a 0 e chegou aos seis pontos. Já pelo Grupo Agreste, o placar foi mais elástico e a Picuiense meteu 5 a 0, no Sport Campina, no Amigão, conquistando os primeiros três pontos na competição.
Na próxima rodada, o Papagaio, vai tentar a liderança contra o Serrano-PB, que está três pontos a frente, enquanto isso, o Sport Campina folga. Já o Inter, também de folga, vai acompanhar Desportiva e Femar, que se enfrentam no próximo domingo.
Chuva de gols
Após alguns problemas com regularização dos atletas, Picuiense e Sport Campina entraram em campo com os seus times completos. O que parecia ser um jogo de iguais, acabou se tornando na maior goleada até o momento do campeonato.
O primeiro gol saiu logo aos dois minutos de partida. Após cruzamento pela esquerda, Nego Pai dominou a bola, limpou o zagueiro e bateu para o gol. O segundo foi aos 17, quando Diego bateu da entrada da área e ampliou.
No segundo tempo, o Sport Campina até tentou uma reação, mas sem forças no ataque continuou levando pressão do adversário, que ampliou aos oito minutos com Nego Pai novamente. Ele dividiu com o zagueiro e mandou na saída do goleiro. O quarto foi marcado por João Luiz, aos 28, e o quinto contou com a participação de Nego Pai. Aos 36, o atacante bateu falta que estorou no travessão e sobrou para Juninho dar números finais à partida.
Primeiro tempo morno, segundo tempo quente
O jogo entre Internacional e Femar começou fraco, sem muita criatividade das duas equipes, que mal chutaram durante os 45 minutos iniciais. Entretanto, o segundo tempo foi bem movimentado.
Com a saída de Nininho e a entrada de Seninha, o time do Internacional começou a acertar os passes. Tanto que o primeiro gol teve a participação do jogador. Seninha fez a jogada, tocou para Peixinho e ele abriu o placar. O segundo foi marcado novamente por Peixinho, aos 20 minutos. Para coroar a noite, Peixinho ainda participou do terceiro gol do Inter. Ele devolveu o presente para Seninha, que aos 30 minutos, deu números finais à partida.

Por  
João Pessoa e Campina Grande

26/08/2015

Campo Sibelzão na Ridinha foi inaugurado no domingo com presença de muitos desportistas da região


Hoje domingo 23 de agosto mais um dia inesquecível, aconteceu a inauguração do novo Campo de Futebol na Ridinha que recebeu o nome de o Sibezão.
Teve jogo de futebol entre as crianças e depois de veteranos e aberto.
O repórter Chico do Rádio esteve presente, é sua terra, lugar nasceu e morou durante toda sua infancia, Chico postou:
"Eu estive participando e fazendo a cobertura onde encontrei meus amigos de infância".
Além do futebol teve o banho de chuveiro e aquele churrasco.
Tudo isso organizado pelo amigo desportista Divalci, Marciel e o Secretário Claubil.
Informações e fotos de Chico do Rádio

Atletas da empresa DR Esporte do ex atleta profissional Diego Recife se destacam em competições estaduais no Nordeste


Seis atletas da Empresa DR Esportes, empresa que pertence ao ex atleta profissional Diego Recife vem se destacando em competições estaduais no Nordeste, tem outros atletas espalhados por outros clubes pelo Brasil, más esses seis estão nas competições estaduais da Região Nordeste e vem se destacando bem em seus clubes. 
O atacante Alex Pernambuco de 18 anos é um dos destaques do Campeonato Piauiense, atuando pela Associação Atlética Altos-PI é o vice artilheiro da competição e uma grande promessa para despontar no futebol brasileiro, já o meia e lateral esquerdo Willians está no Assu-RN e disputará a 2ª Divisão do RN, ele tem passagens por vários clubes. .
Os outros quatro atletas estão no Santa Cruz-RN, são titulares e a equipe está na semifinal do Campeonato Potiguar Sub 19, onde garantiu sua classificação para as semifinais com duas rodadas de antecedência e na ultima perdeu para o ABC de 1x0 atuando com a equipe reserva, por já estar classificados em 1º lugar no grupo.
Willians Ferreira da Silva(Meia e Lateral Esquerdo)
Atletas que estão no Santa Cruz-RN:
Lindemberg Lucas da Silva(Lateral Direito)

 Wéslei Samuelson Bezerra e Silva(Zagueiro)
 Everson Rodrigues da Silva(Lateral Esquerdo)
Tarcísio Pereira dos Santos(Centroavante)
 Associação Atlética Altos-PI
 Santa Cruz-RN
O treinador Carlos Mota do Santa Cruz-RN e e João Batista(Batistinha) da Associação Atlética Altos-PI tem um papel fundamental no sucesso dos jovens aletas da DR Esportes, eles deram oportunidades a eles e estava certo do potencial dos mesmos que estão se destacando bem em suas equipes.
 Ex atleta Diego Recife(2º a esquerda)
A DR Esportes que tem o comando do ex atleta profissional Diego Recife vem ganhando espaço em toda região Nordeste e em alguns estados do Brasil onde está mandando jogadores, inclusive em clubes da 1ª divisão do Brasileirão. 
Como atleta Diego Recife teve passagens por vários clubes, entre eles o Confiança-SE, Madureira-RJ, Guarani de Juazeiro-CE, Bom Sucesso-RJ, entre outros. 
Diego Recife quando esteve sendo cogitado pelo Santa Cruz-PE

Portal Esporte São José do Sabugi
Fotos: DR Esportes