16/11/2013

Ipueiras Funda vence Pitombeira nos penaltis e é campeão do Torneio inicio do Ruralzão de Várzea



O Campeonato Ruralzão do município de Várzea teve seu pontapé inicial hoje com a realização do torneio inicio, e a equipe do Ipueiras Funda sagrou-se campeão, a equipe saiu perdendo para a Pitombeira, conseguiu o empate no finalzinho do jogo e venceu nos penaltis.
Além de Ipueiras Funda e Pitombeira, participam do Ruralzão ás seguintes equipes: Serrote Preto, Novo Horizonte, São Vicente e Xique Xique.
O Ruralzão terá seu inicio no próximo sábado(23/11) com o jogo entre Serrote Preto e Ipueiras Funda pela Chave A, e no domingo(24/11) jogam pela Chave B São Vicente e Pitombeira, folgam na primeira rodada o Novo Horizonte na Chave A e Xique Xique na B.

Informações de Jefte News

Postado por: João Henrique

Portal Esporte São José do Sabugi 

Palmeiras goleia o Boa Esporte por 3 X 0, e é campeão brasileiro da Série B



Depois de confirmar o retorno à elite do futebol brasileiro na 32ª rodada, o Palmeiras conquistou neste sábado, após vitória por 3 a 0 sobre o Boa Esporte, no Pacaembu, pela 36ª rodada, o bicampeonato da Série B. Mas o clima, como era de se esperar, não foi de muita euforia.
Pelo contrário. Sem lotar o estádio, o torcedor palmeirense apoiou, sim, mas parecia fazer questão de não comemorar como título a conquista de mais uma Segundona (já havia ganhado uma em 2003). Só explodiu mesmo nos gols. Foram poucos aqueles que gritaram “é campeão”. E mesmo assim, timidamente. O hino é que foi cantado com mais emoção.
Ao final, os jogadores chamaram a atenção pela comemoração no campo, levando uma faixa de agradecimento ao torcedor: "Obrigado pelo apoio incondicional."
Do outro lado, o mineiro Boa Esporte foi contagiado pelo clima morno da partida. Quando ainda estava 0 a 0, o time até mantinha (remotas) chances de alcançar o acesso. Mas depois dos gols palmeirenses, o ritmo caiu drasticamente. A comemorar, apenas a permanência na Série B para 2014.
Palmeiras e Boa Esporte ainda têm mais dois compromissos na Série B do Campeonato Brasileiro. O time de São Paulo encara o Ceará, dia 23, em Cuiabá, e a Chapecoense, dia 30, em Chapecó. A equipe mineira, por sua vez, recebe o Sport, no dia 23, e visita o Avaí, dia 30, em Florianópolis.
Felipe Menezes gol Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Felipe Menezes comemora o gol marcado ainda no primeiro tempo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Casamento, protesto e gol
torcida Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) 

A celebração da união entre um casal na arquibancada deu o pontapé inicial no clima de festa da partida no Pacaembu. E os 30 segundos de toque de bola despretensioso entre as duas equipes no começo do jogo confirmaram mais um protesto do Bom Senso FC, grupo formado por jogadores para reivindicar melhorias no futebol.
Quando foi pra valer, o Palmeiras logo assustou. Alan Kardec, em cobrança de falta aos três minutos, acertou o travessão do Boa Esporte. Mas a equipe mineira reagiu rapidamente em lance polêmico. Marcelinho Paraíba cabeceou bem, e Fernando Prass defendeu. Os mineiros reclamaram que o goleiro tirou de dentro do gol.
Já garantido na Série A em 2014 e precisando de apenas mais um ponto para se sagrar campeão da Segundona, o Palmeiras não precisou fazer muito esforço para controlar o adversário. Nem mesmo quando o Boa Esporte teve ótima chance aos 27 minutos. Karanga, sozinho, cabeceou para fora.
Se o time mineiro desperdiçou a melhor chance que teve, o Palmeiras soube aproveitar a sua. No minuto seguinte, após vacilo de Crystian, Wendel ficou com a bola, avançou pela direita e cruzou para Felipe Menezes abrir o marcador no estádio do Pacaembu. O goleiro Douglas foi mal no lance.
Leandro gol Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Leandro faz homenagem na comemoração do segundo gol (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Missão cumprida
Diferentemente do primeiro tempo, quando adotou um jogo morno diante do Boa Esporte, o Palmeiras voltou para a etapa final mais acelerado. Quase não deu espaços para o time de Minas Gerais. Bem na marcação, o Verdão usou o contra-ataque como principal arma.
E deu certo. Aos 11 minutos, a equipe do técnico Gilson Kleina chegou ao segundo gol. Charles fez ótima jogada pelo meio e rolou para Leandro na grande área. O atacante do Palmeiras deu lindo drible no goleiro Douglas e tocou para a rede. Na comemoração, bola na barriga para homenagear a mulher, grávida.
Com o Boa Esporte entregue ao clima morno da partida, o Palmeiras passeou em campo. Trocou passes, tentou jogadas de efeito, ameaçou pelas pontas e chegou ao terceiro gol, aos 31 minutos. Após ótimo passe de Eguren, Juninho entrou na área e bateu forte, sem chance para Douglas, que novamente reclamou da defesa.
Alguns poucos gritos de “é campeão” começaram a ser ecoados. Nenhum deles na área das torcidas organizadas. Em raro momento de euforia dos pouco mais de 17 mil pagantes, o torcedor entoou “olé” a cada toque de bola dos palmeirenses. Mas o título da Série B esteve longe de ser comemorado com orgulho.
  •  
torcida Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Mais de 17 mil palmeirenses vão ao Pacaembu nesta tarde (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
 
 Globoesporte.com

Sport vence o Paraná por 2 X 0 e volta ao G4 do Brasileirão Série B



Um clima de final de campeonato tomou conta da Ilha do Retiro na tarde deste sábado. O Sport entrou em campo pressionado pelas duas derrotas seguidas fora de casa e pelas vitórias de Ceará e Icasa no dia anterior. Há 11 rodadas no G-4, o Leão acordou fora da zona de acesso à Série A. Mas vai dormir dentro.
Numa tarde digna de decisão, o time rubro-negro encontrou abrigo em casa para voltar a vencer. Com gols de Camilo e Neto Baiano, bateu o Paraná por 2 a 0 e retomou o 3º lugar com os mesmos 59 pontos de Ceará e Icasa, graças ao maior número de vitórias. A duas rodadas do fim da Segundona, o Sport só depende de si para alcançar o acesso. Já o Paraná, com 51 pontos, permanece em 10º, sem mais nenhuma chance de chegar ao G-4.
Sport x Paraná - gol de camilo (Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press)Camilo foi às lágrimas ao marcar o primeiro gol do Sport (Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press)
Foi a sétima vitória em oito jogos sob o comando de Geninho na Ilha, enquanto que o Paraná amargou o sexto jogo consecutivo sem vencer. Mesmo com o goleiro Magrão expulso no início do segundo tempo, o time rubro-negro encontrou forças e correspondeu à expectativa da torcida, que compareceu em peso. No próximo sábado, o Sport encara o Boa Esporte, às 17h20 (horário de Brasília) no estádio do Melão, em Minas, enquanto o Paraná vai ao interior de São Paulo enfrentar o Guaratinguetá no mesmo dia, só que às 21h. O último jogo do Leão é contra o Paysandu na Ilha do Retiro.
Gol rubro-negro frustra a boa atuação do Paraná
O caráter decisivo da partida transformou a Ilha do Retiro no caldeirão “esquecido” pela própria torcida rubro-negra durante praticamente toda a campanha da Série B. Em campo, o Sport iniciou a partida atrapalhado por uma ansiedade visível. Os jogadores pareciam querer justificar o calor das arquibancadas a qualquer custo. E o Paraná, em parte, se aproveitou do cenário instável. Até a metade da etapa inicial, o adversário esteve melhor. Aos 11 minutos, Lúcio Flávio exigiu uma grande defesa de Magrão em um belo chute de fora da área.
Aos 14, o atacante rubro-negro Felipe Azevedo deixou o campo machucado. Entrou Camilo. Na ausência do armador Lucas Lima, o Sport insistia em chutões para frente e lançamentos improdutivos. Sob o ritmo de Lúcio Flávio, o Paraná chegava mais ordenado, explorando a velocidade de Paulinho e Luisinho.
A torcida rubro-negra já esboçava perder a paciência quando o lateral-direito Patric fez uma grande jogada individual pela direita. A princípio despretensioso, o lance terminou em gol de Camilo, que saiu do banco para abrir o placar na Ilha do Retiro. Emocionado, o jogador foi às lágrimas depois de escorar para a rede o cruzamento preciso do companheiro. A torcida explodiu. A Ilha pulsou.
O gol acalmou e conteve a ansiedade dos rubro-negros. Mesmo assim, o Paraná continuou melhor. Lusinho, duas vezes, teve a chance de empatar. Na primeira, chutou cruzado para fora. Na segunda, recebeu livre de marcação na área, mas acabou surpreendido pela boa saída de Magrão.
Golaço de Neto Baiano alivia expulsão de Magrão
Sport x Paraná - Neto Baiano (Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press) 
Neto Baiano corre para festejar seu gol
(Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press)
Na segunda etapa, o Paraná tentou encurralar o Sport nos primeiros cinco minutos, mas não conseguiu chegar de forma efetiva à meta de Magrão. Quando o time rubro-negro conseguiu equilibrar as ações, o Tricolor produziu um lance capital.
Aos 13 minutos, Reinaldo invadiu a intermediária do Leão, livre de marcação, após lançamento em profundidade. Magrão abandonou a meta e impediu o atacante com a sola do pé. Acabou expulso. Geninho então trocou o meia Ailton pelo goleiro reserva, Saulo, que, de cara, defendeu uma finalização de Lusinho dentro da área.
Assim como no início da partida, a torcida rubro-negro vivia momentos de apreensão. Ninguém sabia como o time iria reagir com um homem a menos, principalmente sendo este homem o ídolo e porto seguro Magrão. Aos 18 minutos, porém, Patric, de novo, tomou a iniciativa.
O lateral fez mais uma grande jogada pela direita e cruzou na medida para Neto Baiano. De primeira, o centroavante marcou um golaço. O chute foi no ângulo. Indefensável. Justo Neto Baiano, que havia prometido ganhar o jogo de qualquer maneira durante a semana. O segundo gol encaminhou a vitória que parecia ameaçada. Sem força para reagir, o Paraná tentou sem ímpeto buscar o resultado. Ao Sport, coube administrar o resultado e comemorar no fim.

Globoesporte.com

Handebol ganha prata nos Jogos Escolares da Juventude e a 7ª medalha da Paraiba



O Handebol Feminino da Paraíba, representado pelo Colégio Motiva, ficou com a medalha de prata nos Jogos Escolares da Juventude para atletas de 15 a 17 anos, em Belém. Na final contra a Escola Santa Catarina, do Rio Grande do Sul, as paraibanas perderam  por 23 a 19. Ainda assim, conseguiram o obejtivo que era subir para a primeira divisão em 2014.
Handebol do Motiva fica com a prata nos Jogos Escolares da Juventude, em Belém (Foto: Divulgação)Handebol do Motiva fica com a prata nos Jogos Escolares da Juventude, em Belém (Foto: Divulgação)
 
Apesar do equilíbrio no placar, o técnico Isaías Oliveira lamentou a atuação do time, acreditando que poderia ter saído com a medalha de ouro nos Jogos da Juventude. Para ele, as gaúchas levaram a melhor nos momentos decisivos da partida.
- Jogamos muito abaixo de nossa capacidade. Faltou atitude das meninas e mesmo jogando aquém de nossas possibilidades o jogo foi duro e decidido nos minutos finais. Lamentavelmente a nossa defesa não foi bem, enquanto a do adversário fechou o gol. De qualquer forma todas estão de parabéns pela medalha de prata. Agora a Paraíba é da primeira divisão - disse Isaías Oliveira.
Dos 19 gols marcados pela equipe paraibana, Mariah Oliveira fez 13 e se constituiu no maior destaque do Colégio Motiva. A medalha de bronze ficou com a equipe do Sagrada Família, do Rio Grande do Norte.
Com a medalha de prata conquistada no Handebol Feminino, a Paraíba chegou a sete nos Jogos Escolares da Juventude, sendo uma de ouro, quatro de prata e duas de bronze. A oitava medalha virá ainda neste sábado, uma vez que o time de futsal do HBE está na decisão contra o Espansivo, do Rio Grande do Norte.

Globoesporte.com/PB 

Direção do CSA-AL faz a 'feira' para 2014 no mercado do futebol paraibano



A direção do CSA recorreu ao mercado da Paraíba para montar o elenco de 2014. O primeiro da lista foi o gerente de futebol Marquinhos Mossoró, que já trabalhou no Campinense e foi fundamental para o acerto do Azulão com o técnico Oliveira Canindé, campeão da Copa do Nordeste deste ano pela Raposa.
Goleiro Pantera é o segundo jogador a deixar o Campinense após rebaixamento para Série D (Foto: Divulgação) 
Goleiro Pantera foi campeão do Nordeste
(Foto: Divulgação)
Com a chegada de Canindé, a "espinha dorsal' do novo Azulão tem forte ligação com a Paraíba. Também campeões no Campinense, foram contratados o goleiro Pantera, o zagueiro Roberto Dias e o atacante Jefferson Maranhense. O meia Bismarck, destaque da Raposa no regional, também foi procurado, mas o negócio não evoluiu. Para completar a lista, o volante Charles Vágner e o meia Daniel Costa defenderam o Treze antes de acertarem com o CSA.
Canindé explicou que gosta de trabalhar com jogadores de sua confiança.
- No início, sempre falo, vou usar os atletas que conheço e, aos poucos, a partir das observações nos treinamentos, vou mudando a equipe de acordo com o desempenho dos jogadores no treino. A 'espinha dorsal' que já conhece meu trabalho também é importante, já que esses atletas passam aos demais minha forma de montar os times – comentou o treinador, que também recebeu proposta para continuar no Campinense antes de fechar com o clube de Alagoas.
O Azulão inicia a pré-temporada na próxima quarta-feira, em Marechal Deodoro, e vai disputar a primeira competição de 2014 a partir do dia 19 de janeiro. Na Copa do Nordeste, o time caiu no Grupo B, ao lado de Santa Cruz, Vitória da Conquista-BA e Bahia.
Oliveira Canindé, técnico do CSA (Foto: Paulo Victor Malta/Globoesporte.com)Oliveira Canindé, técnico do CSA, foi campeão no Campinense (Foto: Paulo Victor Malta/Globoesporte.com)
 
 Globoesporte.com/PB

Nigéria vence Etiópia e é 22ª a se classificar para a Copa do Mundo no Brasil


Nigéria é o primeiro país africano a se classificar para a Copa de 2014, que será disputada no Brasil. O time bateu a Etiópia por 2 a 0 neste sábado e vai disputar o Mundial pela quinta vez na sua história. No total, já são 22 seleções com vagas garantidas no torneio do ano que vem. Confira todas as classificadas até aqui.
Nigéria e Etiópia se enfrentaram pelo jogo de volta da repescagem das Eliminatórias Africanas no estádio Calabar, em território nigeriano. Na primeira partida entre as seleções, os nigerianos tinham levado a melhor e vencido 2 a 1.
Com a vantagem, a Nigéria precisava somente de um empate. Com dois gols marcados, a equipe carimbou o passaporte para o Brasil.
Os nigerianos levaram a partida em banho-maria, enquanto a Etiópia tentava criar jogadas, mas sem muito sucesso. Aos 18 do primeiro tempo, o zagueiro Hailu tentou desviar um cruzamento e a bola tocou em seu braço. O juiz marcou pênalti a favor da Nigéria. Moses chutou firme no canto esquerdo e abriu o placar. Na comemoração, o jogador tirou a camisa e tomou um cartão amarelo.
Depois do gol, o time etíope recuou e se limitou a lances longos. Os nigerianos, por sua vez, trocaram passes na meia faixa sem pressa, deixando o jogo totalmente sem emoção. Nos últimos minutos, a Etiópia até tentou reagir, mas não conseguiu boas finalizações.
No segundo tempo, as equipes voltaram sem alterações, mas um pouco mais ofensivas. A Etiópia, sem muito a perder, começou a apostar em jogadas rápidas e deu trabalho ao goleiro nigeriano Enyema.
Aos 37 minutos, o juiz marca falta contra a Etiópia. Fora da área, Obinna fez uma cobrança com efeito e não deu chances de defesa ao goleiro. Mesmo antes do apito final, o clima de festa tomou conta das arquibancada do estádio de Calabar, com danças e batuques. 
Outros jogos que também completam a fase decisiva na África são: Camarões e Tunísia, que empataram em 0 a 0 no jogo de ida; Egito e Gana, com vantagem para os ganeses, que golearam os egípcios por 6 a 1; e Argélia e Burkina Faso, que fechou o placar em 3 a 2 contra a seleção argelina na primeira partida.
Ampliar
Uol

Volei Feminino: Brasil vence Rússia de virada e se aproxima do título da Copa dos Campeões



Em um dos maiores clássicos do voleibol mundial, o Brasil levou a melhor e venceu a Rússia, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 25/18, 25/22 e 25/19, na manhã deste sábado, e ficou muito próximo de conquistar o título da Copa dos Campeões. Ao vencer a partida, que foi disputada em Tóquio, no Japão, a Seleção Brasileira manteve a invencibilidade e chegou aos 12 pontos na competição, o que pode garantir o título à equipe com uma rodada de antecedência.
Agora, o time comandado por José Roberto Guimarães espera o resultado do jogo entre Japão e República Dominicana, que será realizado ainda neste sábado. Caso as anfitriãs vençam por 3 a 2, elas somarão apenas dois pontos e chegarão aos oito pontos, perdendo a chance de igualarem a pontuação das líderes.
No entanto, caso as japonesas vençam por 3 a 0 ou 3 a 1, elas somarão nove pontos e terão que lutar pelo título no confronto direto com o Brasil, que está marcado para este domingo, às 7 horas (horário de Brasília). A vitória das dominicanas, por qualquer placar, dá o título às brasileiras.

Divulgação/FIVB
Ao total, o Brasil marcou 15 pontos de bloqueio, contra dez das adversárias
O jogo – Aproveitando-se dos contra-ataques , a Rússia abriu 7 a 4 logo no início. Depois, o Brasil ainda conseguiu reagir e virou o jogo em 11 a 10, porém, novamente sofreu a virada logo na sequência. Depois de ir à segunda parada perdendo por 16 a 14, as brasileiras não conseguiram se recuper e perderam a primeira parcial.
Com uma postura diferente, o Brasil voltou ao segundo set decidido a reverter a situação. Impondo um forte ritmo de jogo, a equipe impressionou ao ir à primeira parada técnica vencendo por 8 a 1. No entanto, na sequência, as russas voltaram a entrar na partida e encostaram no placar. Apesar de verem a vantagem diminuindo, o experiente time brasileiro manteve a calma para voltar a ficar em uma situação confortável e empatar o jogo.
Com o 1 a 1 no placar, a terceira parcial começou bem equilibrada. Embalada após conseguir o empate, a equipe verde e amarela manteve dois pontos de vantagem no começo, mas sofreu a virada em 11 a 10. O empate só foi alcançado em 16 a 16. A partir daí, o Brasil virou o jogo em 19 a 18 e se manteve à frente para garantir a virada.
Disposto a somar três pontos com o resultado positivo, o Brasil entrou no quarto set superior e foi à primeira parada técnica vencendo por 8 a 5. Os três pontos de vantagem continuaram durante grande parte da parcial e as brasileiras ainda dispararam no final para confirmarem a vitória, com o último ponto feito após ótimo bloqueio triplo.
Depois do fim da partida, Fernanda Garay, que marcou 17 pontos, foi eleita a melhor jogada do confronto. Ainda pelo time brasileiro, Fabiana também jogou bem e marcou 14 pontos. Pela Rússia, as melhores jogadoras foram Natalia Malykh e Liubov Shashkov, com 16 e 13 pontos, respectivamente.
Confira os resultados dos jogos do Brasil na competição:
12/11 – Brasil 3 x 0 Estados Unidos
13/11 – Brasil 3 x 0 Tailândia
15/11 – Brasil 3 x 1 República Dominicana
16/11 – Brasil 3 x 1 Rússia


Gazeta Esportiva 

Santos comemora hoje 50 anos do bicampeonato mundial

O Santos tem motivos para festejar neste sábado. Há 50 anos, o Alvinegro conquistou o bicampeonato mundial, superando o Milan, por 1 a 0, no estádio do Maracanã. Mesmo com o desfalque de Pelé em dois dos três jogos contra a equipe italiana, o Peixe comprovou seu poder de reação. Naquele dia 16 de novembro de 1963, o clube brasileiro contou com um gol de pênalti, do lateral Dalmo, para superar uma partida violenta, com lances ríspidos, brigas e expulsões.
Para conquistar o título no terceiro jogo, o Santos deu uma grande demonstração de força antes. O primeiro duelo, no San Siro, terminou com a vitória por 4 a 2 dos italianos, sendo que os dois gols do Peixe foram anotados por Pelé. Porém, em função de uma contusão, o Rei do Futebol não teve condições de participar dos confrontos seguintes (Calvet e o capitão Zito também desfalcaram o time)
Assim, Almir Pernambuquinho substituiu o eterno camisa 10. O segundo confronto, no Maracanã, começou com um Milan implacável, abrindo 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Porém, depois do intervalo, o clube do litoral paulista marcou quatro vezes, sendo duas com Pepe, uma com Lima e outra com Almir."Foi a maior vitória que tive nos 750 jogos que fiz pelo Santos. Estávamos perdendo por 2 a 0 no Rio e só restavam 45 minutos. O Lula (treinador) fez uma preleção curta no intervalo, mas começou a cair um temporal. Nós aproveitamos o campo alagado, com meu chute forte, e fizemos os quatro gols, principalmente em batidas de fora da área. Foi uma chuva divina", relembra Pepe, em contato por telefone com a "GE.net".
Sem chuva, o terceiro jogo foi bem mais forte na marcação, mas o Santos conseguiu furar o bloqueio adversário. O título do Peixe também serviu para ratificar a soberania do País no futebol mundial daquela época. Na edição do jornal "A Gazeta Esportiva" veiculada no dia seguinte ao título, o jornalista Thomaz Mazzoni relatou a sensação dos esportistas nacionais com o resultado.
"O Santos é bicampeão mundial de clubes! Grande vitória do futebol brasileiro, antes de mais nada, e resposta à altura aos descrentes, aos invejosos, aos falsos Messias e aos derrotistas", escreveu o jornalista, que ainda acrescentou a "resposta aos ilustres críticos europeus que vinham apregoando o declínio do futebol do Brasil".
Porém, para o País comprovar sua soberania, o Santos teve de suportar uma partida bastante tensa. De acordo com "A Gazeta Esportiva", o adversário promoveu uma "verdadeira guerra de nervos contra o juiz" assim que chegou ao Rio de Janeiro. Por isso, o árbitro argentino Juan Brozzi teve muita dificuldade para controlar os ânimos.
Nos acréscimos do primeiro tempo da partida decisiva, o lateral santista Ismael foi expulso, depois de ter acertado uma cabeçada no compatriota Amarildo, que jogava pelo Milan (Mazzola também fazia parte da equipe italiana)."Houve um arroubo mais forte entre Ismael e Amarildo, num lance anteriormente disputado. Amarildo ficou com o peito estufado para o lado de Ismael, e o lateral esquerdo santista não hesitou: bancou o José Luiz, famoso campeão português de luta-livre. Desferiu uma potente cabeçada no ‘antagonista’ que nem teve graça. Amarildo, nocauteado, estendeu-se no gramado", relatou a publicação.
Outra briga foi deflagrada depois de um empurrão de Maldini em Coutinho. Os jogadores dos dois times passaram a discutir e até os fotógrafos entraram em campo, até que a polícia chegou para dispersar o tumulto.
"Um outro defensor do Milan - quando se abriu a ‘clareira’ - estava estendido aos pés de um avantajado policial. Aliás, um verdadeiro batalhão de policiais interveio no ‘bafafá’. A ação deles parecia daqueles que se registram contra piquetes de grevistas... A turma espalhou rapidamente", informou "A Gazeta Esportiva". Cinco décadas depois do título, Pepe admite que "o terceiro jogo realmente foi muito confuso", explicando que os santistas não aceitavam facilmente agressões e provocações. "Nunca fui expulso de campo, mas meus companheiros não pensavam assim", recorda, com bom humor. Além do santista Ismael, o italiano Maldini também foi excluído da partida.
Para superar os lances ríspidos e controlar o placar, o Santos contou com o apoio intenso de 120 mil torcedores no Maracanã. Sem poder receber a partida na Vila Belmiro, o clube paulista preferiu o estádio do Rio de Janeiro, pois, segundo Pepe, não haveria apoio dos rivais em um estádio de São Paulo. Portanto, depois de ter sido campeão mundial em 1962, o Santos se sentiu em casa para confirmar sua hegemonia em 16 de novembro de 1963.

Esporte Interativo 

Escolinha de Futebol Parelhas é campeão nas categorias Sub 15 e Sub 17 do 3° Torneio realizado pelo ABC de Natal em Caicó



A Escolinha de Futebol Parelhas que é comandada por Geová e Ricardo disputou um torneio ontem em Caicó promovido François e pela comissão do ABC de Natal, foi realizado em duas categorias, no sub 15 e sub 17, e a equipe parelhense foi campeão nessas duas categorias, ganhou tudo o que tinha de ganhar, parabéns a Geová, Ricardo e todos os atletas da Escolinha de Futebol Parelhas por essa conquista, é fruto de trabalho bem feito, um trabalho profissional e que em um ano a cada dia rende mais frutos.
Parabéns em dois atletas do sub 17 de São José do Sabugi, o goleiro Bebeto e o lateral esquerdo Kaike, que estão a dois meses treinando na escolinha e já conquistaram seu primeiro titulo, que essa vitória seja a primeira de muitas que virão.
Os organizadores deste evento também estão de parabens, segundo fui informado por Geová foi muito bem organizado.
Confira a nota de agradecimento de Geová atavés de seu facebook:
Venho aqui, agradecer a organização do terceiro torneio realizado pelo professor Francois De Araújo Fernandes Araujo Fernandes, e a toda comissão do ABC F.C. Nesse dia 15/11/2013. Onde, a Escolinha de Futebol Parelhas, organizada, e treinada pelo professor Geová, juntamente com o professor Ricardo Silva, se consagraram campeões das categorias Sub-15 e Sub-17. 
Queremos agradecer a todos os garotos da Escolinha de Futebol Parelhas, pela raça, disposição, desempenho e união. 
Isso, é fruto de um trabalho profissional, que os garotos estão tendo, e a cada dia, esses garotos, estão representando muito bem a sua cidade, Parelhas. Onde, toda a comissão do ABC F.C., valorizaram esse trabalho. 
Devido os resultados , juntamente, com a importância desse trabalho, o direto Fred, juntamente, com seus diretores de base do ABC, fizeram o convite para fazer um amistoso em Natal. 

Geová Azevedo

Escolinha de Futebol Parelhas Sub 18 (Campeão)
Escolinha de Futebol Parelhas Sub 15 (Campeão)
Comissão do ABC de Natal e François(Organizadores)
Cabine de imprensa do Estádio Marizão(Justa homenagem a Silva de Ouro)
Geová e o banco da equipe sub 15

Goleiro Bebeto
Fotos: Reinaldo Lourenço

Postado por: João Henrique

Portal Esporte São José do Sabugi 

Sete torcedores do ABC de Natal são baleados e dois morrem após partida da Série B do Brasileirão



Vítima - foto retirada do facebook
Dois atentados resultaram em duas mortes e em cinco pessoas feridas na zona Norte e zona Sul de Natal, na noite desta sexta-feira (15). As vítimas, segundo a polícia, eram torcedoras do ABC e voltavam do estádio Frasqueirão, após a partida contra o ASA de Arapiraca.

As primeiras pessoas baleadas caminhavam na BR 101, em direção ao conjunto Parque das Pedras, quando foram surpreendidas por homens em um veículo Pálio de cor preta. Um dos ocupantes do carro atirou em direção à Felipe Gustavo da Costa Leandro, de 19 anos, o irmão dele Flávio Augusto da Costa Leandro, de 17 anos, e um amigo que não teve o nome revelado. Todos foram atingidos, mas Flávio Leandro acabou morrendo ao dar entrada no Pronto Socorro Clóvis Sarinho.

O irmão de Flávio, Gustavo da Costa, conversou com a reportagem do Portal BO e relatou que ele, o irmão e o colega caminhavam de volta para casa depois da partida quando um carro parou e uma pessoa começou uma sequência de tiros atingindo a todos. "A gente mal pôde ver quem estava atirando, foi tudo muito rápido. Quando os tiros pararam percebi que fomos feridos", disse.

O segundo atentado aconteceu no loteamento José Sarney do bairro Lagoa Azul, zona Norte de Natal. Quatro Jovens que também voltavam do jogo foram baleados na avenida Apucarana, por pessoas não identificadas. De acordo com o tenente Avelino, oficial do 4º Batalhão, as vítimas foram levadas para o hospital Santa Catarina, mas uma das pessoas baleadas, Ismael Aprígio Teixeira, de 18 anos, não resistiu aos ferimentos. Já as outras vítimas não correm risco de morte.

Portal BO com Blog de Niltinho Ferreira

BRASILEIRÃO: Decisões agitam 35ª rodada neste sábado



Um dia após o feriado de Proclamação da República, a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro agita o sábado com duas decisões. Na parte de cima, Botafogo e Atlético-PR fazem duelo direto por vaga na Libertadores. Já embaixo a luta entre Coritiba e Criciúma é contra o rebaixamento.
Pressionado pelos protestos da torcida, o Botafogo tenta afastar a “Síndrome de Vira-lata”. A possibilidade de ver o time “pipocar” na reta final novamente fez o torcedor alvinegro protestar durante a semana. Este deve ser o clima do jogo, que acontece às 19h30, no Maracanã.
O Glorioso venceu apenas um jogo nas últimas seis partidas – ainda empatou duas e perdeu três - e deixou o G4 depois de 29 rodadas. Agora, ocupa a quinta posição, com 54 pontos. Já o Furacão, vice-líder com 58 pontos, tenta se recuperar da derrota para o Criciúma, por 2 a 1.
Briga de foice
Na outra partida do dia, o Coritiba tenta acabar com o jejum de três jogos sem vitórias – um empate e duas derrotas – contra o concorrente direto Criciúma. Os dois times se enfrentam a partir das 21 horas, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Na rodada passada, o Coxa acabou derrotado pelo Corinthians e perdeu uma grande chance de se distanciar dos últimos colocados. Hoje, o Verdão é o 14º colocado, com 41 pontos. O Tigre, que vem de vitórias sobre Náutico (1 x 0) e Atlético-PR (2 x 1), está uma posição abaixo, com 39.
Outroas jogos
No domingo, serão mais oito partidas para movimentar a rodada. Clube paulista mais ameaçado pelo rebaixamento, a Ponte Preta terá a dura missão de encarar o Cruzeiro, em Uberlândia. Também ameaçada, a Portuguesa recebe o Atlético-MG. Corinthians, Santos e São Paulo praticamente cumpre tabela.

 
Agência Futebol Interior

Complicou: Torcedor usa troféu para cheirar cocaína e revolta Rapid Viena


Um torcedor do Rapid Viena usou uma forma inusitada de relembrar a conqusita da Bundesliga austríaca de 2007/2008. Em fotos publicadas na internet, o cidadão usou a taça da competição para cheirar cocaína, o que causou grande revolta na diretoria do time.

As imagens publicadas - independentemente de se saber se a substância é legal ou ilegal - da placa da Bundesliga são consideradas totalmente inaceitáveis. O troféu é o maior símbolo da Bundesliga. Denegrir este símbolo é uma ação desrespeitosa e inadequada”, publicou o clube em nota.
Segundo informações da diretoria do clube, membros da torcida organizada do clube sempre pedem as taças de conquistas históricas para comemorações e o Rapid Viena as cede gentilmente. Desta forma, os dirigentes acreditam que o homem da foto seja um torcedor organizado.
“O SK Rapid deixa claro que, durante anos, é contra o uso de substâncias ilegais. Temos uma política de tolerância zero em casos de drogas ilegais que se infiltram no esporte”, encerrou.
 
Agência Futebol Interior

Felipão escala Victor, Luiz Gustavo e Bernard entre os titulares da Seleção para amistoso hoje a noite em Brasília contra Honduras



O técnico Luiz Felipe Scolari deixou bem encaminhado o time que vai iniciar a partida contra Honduras, neste sábado, às 22h30m (de Brasília), no Sun Life Stadium, em Miami, nos Estados Unidos. No treino desta sexta-feira, no local da partida, o comandante escalou o goleiro Victor, o volante Luiz Gustavo e o atacante Bernard entre os titulares no trabalho tático.  
Com isso, o time que vai iniciar o amistoso diante dos hondurenhos é o seguinte: Victor, Maicon, David Luiz, Dante e Maxwell; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Bernard, Neymar e Jô. Durante o treino, Felipão fez algumas mexidas para ver o desempenho de outros atletas, principalmente os novatos chamados para os dois últimos amistosos de 2013.   
Felipão e Paulinho Treino Seleção Brasileira (Foto: Mowa press)Felipão orienta Paulinho durante o treino da seleção brasileira nesta sexta-feira (Foto: Mowa press)

Marquinhos, Willian e Robinho entraram nas vagas de Dante, Bernard e Jô. Além deles, Hernanes e Lucas Leiva também foram testados na equipe titular. Felipão decidiu manter uma base após o desempenho irregular no primeiro treino em Miami, na quarta-feira. Por conta disso, ele optou por utilizar os jogadores que já está acostumado a escalar entre os titulares.   
Neymar Treino Seleção Brasileira (Foto: Mowa press)Neymar no treino da Seleção (Foto: Mowa press)
Para partida deste sábado, Felipão não poderá contar com o lateral-direito Daniel Alves, vetado por conta de dores na panturrilha direita. Thiago Silva, que está em fase final de recondicionamento físico, também está fora. Nesta sexta-feira, o capitão da Seleção trabalhou normalmente com o restante dos companheiros.  
- Em princípio, eu tinha uma ideia de equipe, mas modifiquei. Não gostei do primeiro treino. Vou colocar mais ou menos a equipe que jogou a Copa das Confederações e fazer as observações durante o jogo – explicou o treinador da seleção brasileira.   
No fim da atividade no estádio de propriedade do Miami Dolphins, os jogadores disputaram um animado dois-toques. 

Globoesporte.com

Sport Clube São Joseense hoje sábado em São Mamede em jogo valendo a classificação para a 2ª fase da Copa Interestadual de Futsal




O Sport Clube São Joseense jogará no hoje na cidade de São Mamede, em jogo válido pela 3ª rodada da III Copa Interestadual de Futsal PB/RN-2013, a equipe do Sport não fez uma boa estreia e perdeu para a equipe do São Mamede Sub 20, más na 2ª rodada a equipe reabilitou-se vencendo o Sertecon de Patos por 7 X 2, neste sábado vai encarar o ADNO de São Mamede, e uma vitória garante o Sport na 2ª fase.
 
O Sport é o 2º colocado do Grupo A com três pontos, o ADNO de São Mamede lidera com seis pontos, São Mamede Sub está em 3º com tres e o Sertecom ainda não pontuou na competição.
O Sport mesmo se perder garante classificação como melhor 3° colocado, más o objetivo da equipe é conseguir uma vitória e conseguir sua classificação entre os primeiros para a 2ª fase.

Postado por: João Henrique

Portal Esporte São José do Sabugi 

Icasa-CE vence mais uma e segue firme no G4 rumo a Série A do Brasileirão



Com direito a gol relâmpago, quase gols olímpicos e substituição providencial de Sidney Moraes, o Icasa venceu o Paysandu no Romeirão por 2 a 1, nesta sexta-feira (15). Com a vitória, o time cearense assegurou a permanência no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro por mais uma rodada. Com a torcida a favor, o Verdão do Cariri não vacilou e fez o dever de casa para seguir o sonho de conquistar o acesso à Série A no ano que vem.
Leandro, com apenas um minuto, cabeceou para o gol e fez para os donos da casa. Pikachu, oportunista, deixou tudo igual no fim do primeiro tempo. Mas foi na etapa complementar, que tudo se decidiu. Sidney Moraes colocou Elanardo em campo e o meia resolveu para os alviverdes cearenses, que chegam aos 59 pontos, na terceira colocação. Já o Paysandu segue em 17°, com 39 pontos, ainda na zona de rebaixamento.
O próximo compromisso do Icasa é contra a Chapecoense, no mesmo Romeirão desta noite. O jogo ocorre no sábado (23), às 16h20. Já o Papão recebe o Bragantino, no Mangueirão, uma hora depois, no mesmo dia. Os dois horários são de Brasília.
Gol relâmpago do Icasa e empate do Papão
O jogo começou com gol relâmpago para o Icasa. Com apenas um minuto, Neílson partiu em boa jogada pelo lado direito, driblou Pablo e cruzou na cabeça de Leandro, que acertou o canto esquerdo do goleiro Matheus. O arqueiro do Papão ainda se esticou todo, mas não alcançou a bola que, caprichosamente, acertou a trave antes de entrar: 1 a 0, Icasa. Depois disso, os donos da casa fizeram o impensável: recuaram. O Papão até avançou, mas sem oferecer perigo ao gol alviverde.
Foi o Icasa quem esteve mais próximo de ampliar, com Gustavo, que quase marca um gol olímpico em duas oportunidades. Parecia que o Paysandu estava adormecido. Só parecia. No fim do primeiro tempo, Eduardo Ramos arriscou um chute despretensioso pela esquerda. João Ricardo, para não correr riscos, espalmou. A defesa, porém, desviou a bola para o lado errado. Yago Pikachu ficou com a sobra e não desperdiçou, deixando tudo igual no Romeirão: 1 a 1.
Icasa, Paysandu, Romeirão, Série B (Foto: Normando Sóracles/Agência Miséria de Comunicação)Icasa levou a melhor sobre o Paysandu (Foto: Normando Sóracles/Agência Miséria de Comunicação)
Técnicos mexem e reserva Elanardo decide
Na volta do intervalo, o Paysandu voltou com mais fôlego e o Icasa quase 'entregou o ouro'. Naylhor errou um passe e Heliton chegou chutando em cima de João Ricardo, que precisou de muito reflexo e até da ajuda de Padre Cícero para salvar o Verdão do Cariri. Sufoco do alviverde!
Até que os times mexeram. Sidney Moraes optou por Elanardo no lugar de Gilmak e Vagner Benazzi sacou Nicácio para a entrada de Careca. Mas só o Verdão melhorou. Com um envolvente toque de bola, o Icasa desenhou o segundo gol. Neílson, Chapinha, Leandro, Chapinha, Elanardo e o gol. Em um belo chute de fora da área, o meia do Icasa fez o segundo do Verdão do Cariri e empolgou a torcida: 2 a 1.
Ainda houve tempo para Fábio Sanches levar o segundo amarelo e ser expulso. Ao Icasa, restou segurar o resultado, quando Sidney Moraes sacou Leandro para entrada de Geraldo. Os quatro minutos que seguiram apenas aumentaram a ansiedade do torcedor de verde. Fim de papo em Juazeiro do Norte e presença cearense garantida no G-4 por mais uma rodada.

Globoesporte.com/CE

Campinense promete anunciar mais oito reforços até a próxima semana para a temporada 2014



A torcida do Campinense continua na expectativa para o anúncio de novas contratações. Depois de divulgar nomes de 10 reforços, a diretoria raposeira espera fechar o “pacote” com mais oito atletas. As negociações estão sendo conduzidas pelo presidente William Simões, o técnico Paulo Schardong e o gerente de futebol Kléber Romero.

De acordo com o técnico Paulo Schardong, o clube deve contratar mais jogadores para todas as posições, já que o Camponense precisa contar com um bom elenco para tentar a conquista do Campeonato Paraibano, única competição que irá disputar no ano que vem.

- Apesar das dificuldades, estamos montando nosso grupo. Já acertamos com dez jogadores e esperamos anunciar outros reforços até a próxima semana. Mas os nomes só vamos revelar quando fecharmos essas negociações, como tem acontecido - comentou o técnico rubro-negro.

Os dois últimos reforços anunciados pelo clube, foram o zagueiro Victor Cardozo, de 23 anos, que defendeu entre outros clubes o América do Rio e Esportivo de Bento Gonçalves e o meia Anderson Safira, de 30 anos, com passagens por CSA de Alagoas, Marcilio Dias e Concordia de Santa Catarina.

Paulo César Schardong, novo técnico do Campinense (Foto: Reprodução / Campinense)Treinador Paulo Schardong confirmou que o time deve fechar mais oito contratações nos próximos dias  (Foto: Reprodução / Campinense)
Eles se juntam ao zagueiro Gustavo Rambo, o goleiro Dalton, o zagueiro Moacri, o volante Wellington, o lateral-esquerdo Adriano Chuva, os meias Ricardo Maranhão e Dudu Medeiros e o atacante Felipe Alberto. A estreia da Raposa no Campeonato Paraibano será dia 5 de janeiro, contra o Sousa, em Campina Grande. A apresentação do elenco deve acontecer na primeira semana de dezembro. Em seguida, o time inicia a pré-temporada no Estádio Renatão.

Antes da competição estadual, o clube tem outro ponto importante para ser decidido, só que na parte administrativa. No próximo dia 15 de dezembro acontecerá a eleição para escolha da nova Diretoria Executiva, que vai comandar o time pelos próximos dois anos. Até agora, só o atual presidente raposeiro, William Simões, demonstrou publicamente que vai concorrer mais uma vez ao cargo.


Globoesporte.com/PB 

Caminhão atola em Santa Luzia em rua que dar acesso a São José do Sabugi e onibus com a delegação do São José fica por mais de uma hora sem poder passar


Após o jogo realizado no Estádio Machadão em Santa Luzia quando a delegação do São José Futebol Clube vinha para São José do Sabugi próximo ao Lojão São Paulo tinha um caminhão atolado no calçamento e impedindo o transito no local, esta rua é um desvio que dar acesso a São José do Sabugi devido as obras que estão sendo realizadas na rua principal, confira a matéria feita por Henrique Melo do Sertão PB:

De acordo com o nosso companheiro, do Portal de Notícias de São José do Sabugi, a principal rua que da acesso a Rodovia Itó Morais, a  PB 221, está interditada em decorrência de obras que estão sendo feitas na referida rua, por conta disso, os carros estão desviando por uma rua, paralela a principal, e dessa forma, utilizam, como desvio, um pequeno trecho da rua onde fica situado o Lojão São Paulo.
Esse desvio também foi interditado depois que um caminhão atolou.
Caminhão atola no calçamento de uma rua em Santa Luzia-PB e interrompe o acesso a São José do Sabugi -PB Pelas fotos observamos que o caminhão atolou justamente na emenda, ou seja, numa junção da parte que já está calçada a outra que ainda não está.
Mesmo na esquina do Lojão São Paulo.
Sendo assim, pelo peso do caminhão, levando-se em consideração que foi justamente numa parte em que se liga, uma parte calçada da rua a  outra ainda não calçada, não existindo uma “amarração”, não irei criticar as obras realizadas no referido calçamento, porém, sempre fiz criticas aos calçamentos de hoje em dia em relação aos que eram feitos antigamente.
Existem muitos calçamento concluídos, todos, devidamente “amarrados” a continuidade de outros calçamentos, de outras ruas, e mesmo assim, acabam rompendo em pouco tempo depois de sua construção.
Isso ocorre em várias cidades.
Ou é o famoso “Cimento Sonrisal”, ou as pequenas quantidade de cimento em relação aos aumentos consideráveis das partes de areia, ou ainda, com a palavra, os mestres de obras…
Vamos melhorar na quantidade de cimento e garantir assim maiores resistências desses novos calçamentos.
De toda forma, fica aqui apenas o registro e não a critica em si, levando-se em consideração de que, de fato, não existe uma continuidade do calçamento, “amarrações”, e sendo assim, a segurança de sua resistência, do calçamento. fica, nesse sentido, comprometida, e ainda, levando-se em consideração o fluxo de veículos pesados neste trecho ainda em construção.
De acordo com a informação uma retro escavadeira (trator) compareceu ao local para tirar o caminhão do atoleiro.



Postado por: João Henrique

Portal Esporte São José do Sabugi com Sertão PB e Portal São José PB

São José perde para a Sociedade do Junco do Seridó e está fora da Copa do Vale



O São José jogou nesta sexta-feira em Santa Luzia em jogo válido pela semifinal da Copa do Vale, e não esteve muito bem na partida, foi derrotada por 2 X 0 pela Sociedade do Junco do Seridó, os gols da Sociedade foram marcados por Mazinho e Thiago no segundo tempo da partida.
Com o resultado o São José deu adeus a Copa do Vale, enquanto que a Sociedade garantiu sua vaga na final e aguarda o vencedor do jogo entre Portuguesa de Areia de Baraunas e Seleção de Várzea para conhecer seu adversário na grande final que acontecerá no dia 24/11.
Nesses dois jogos da semifinal o São José sentiu muito os desfaques, no 1° jogo não jogaram Elian, Rodolfo(machucados) e Cimário, neste de hoje jogou sem Elian(machucado), Jonatas(expulso) e Wanderlei.
O São José esteve em campo com a seguinte formação:
  • Cimário, Aliomar, Chaguinha, Paulo Cezar e Júlio Cezar;
  • Shakira, Galeguinho, depois Sebastião, Dedeca, depois Adeilson e Joacy;
  • Wé e Rodolfo.
  • Técnico: Nino; Auxiliar: Cícero; Preparador de goleiro: Chiquinho
A Sociedade jogou com a seguinte formação:
  • Dudú, Jorge, Bodinho, Thiago e George;
  • José, depois Lecinho, Boré, Naldinho e Nilvan, depois Mazinho;
  • Nidinho e Kleiton
  • Técnico: Sonsa; Preparador Físico: Adão; Massagista: Junior
O árbitro da partida foi José Valber (Babita), auxiliado por Iranildo Sousa e João Batista dos Santos, trabalhou como 4° árbitro João Batista Vicente, todos com uma boa atuação, inclusive em todos os jogos do São José que o Portal Esporte São José do Sabugi fez cobertura nesta competição esta foi a melhor atuação da arbitragem, realmente não deixou a desejar para nenhuma equipe, marcou tudo o que tinha a marcar, parabéns para a arbitragem deste jogo.
São José Futebol Clube
Sociedade do Junco do Seridó
 Trio de arbitragem

Postado por: João Henrique

Portal Esporte São José do Sabugi

Se não participar do Paraibano 2014, Paraíba de Cajazeiras pode encerrar suas atividades



Um dos clubes que se candidataram a assumir a vaga deixada pelos times de Patos no Campeonato Paraibano de 2014, o Paraíba de Cajazeiras vive uma situação inusitada. Se por um lado o presidente do clube, Tico Miudezas, garante que o time estaria apto a jogar a primeira divisão, o mandatário também disse que, em caso dessa participação no Paraibano não se concretizar, o Paraíba vai encerrar suas atividades no futebol profissional.
- O que acontece é que se o Paraíba não for participar desse Campeonato Paraibano, vamos ter que encerrar as atividades no clube. É muito difícil fazer futebol aqui no nosso estado e as situações acabam sempre dificultando mais um pouco. Vamos esperar o resultado desse pedido que nós fizemos para participar da competição do próximo ano e ver o que é que vai acontecer - comentou o mandatário tricolor.
Em 2013, o Paraíba de Cajazeiras foi uma das equipes que acabaram sendo rebaixadas para a segunda divisão do Campeonato Paraibano. No entanto, com a desistência de Esporte e Nacional de Patos (que alegaram não ter condições financeiras para arcar com as desepesas para participar do campeonato), o time cajazeirense demonstrou interesse em voltar à disputa na próxima temporada.
Além do Tricolor, a Queimadense, que este ano ficou com a terceira colocação na 2ª divisão estadual, também já demonstrou interesse em ficar com uma dessas vagas.

Globoesporte.com/PB 

15/11/2013

Governo do Estado se reunirá com os oito clubes que disputam o Campeonato Paraibano 1ª Divisão nesta terça



Visando ajudar os clubes de futebol profissional da Paraíba, o Governo do Estado, reunirá na terça feira (19) todos os oito participantes da primeira divisão do Campeonato Paraibano visando executar programas por meio da Lotep e da Cagepa.
O encontro será às 10h00, no gabinete do superintedente da Cagepa, Deusdete Queiroga, e terá a presença do secretário de juventude, esporte. e lazer, Tibério Limeira, do presidente da Lotep, Fábio Carneiro, além dos representantes dos times profissionais.
Para Tibério Limeira, vai ser mais um momento em que o futebol paraibano vai pode ter mais contribuição por parte do Governo do Estado e dos torcedores. "Essa reunião é para iniciar a execução de um projeto lei sancionado pelo governador Ricardo Coutinho em que o torcedor pode colaborar com seu clube do coração através da conta de água. O outro será via Lotep, onde a participação do torcedor também será de extrema importância, disse o secretário.
O Governo do Estado atualmente já contribui com o futebol profissional da Paraíba com o programa Gol de Placa. "Com o futebol paraibano em alta, além do Gol de Placa, serão mais dois programas pra engrandecer ainda mais em 2014", concluiu Tibério.


PB Esportes com Secom

Auto Esporte é o primeiro a iniciar pré-temporada no futebol paraibano

O Auto Esporte é o primeiro time a iniciar a pré-temporada visando o Campeonato Paraibano de 2014. O novo técnico, Jazon Vieira, teve o primeiro contato com os jogadores nesta quinta-feira, num jogo-treino no Mangabeirão contra um combinado amador do Rangel, reforçado por juniores do Botafogo-PB. Por enquanto, o técnico trabalha apenas com a garotada que fez sucesso nas categorias de base, conquistando o bicampeonato paraibano de juniores em 2013.

Auto Esporte, jogo-treino no Mangabeirão (Foto: Reprosução/TV Cabo Branco) 
Os jogadores do Auto Esporte se reuniram pela primeira vez para a pré-temporada visando o Paraibano(Foto: Reprosução/TV Cabo Branco)
E é justamente esse o maior desafio de Jazon: a transição para a categoria profissional. A diretoria já decidiu que a base da equipe formada pelas jovens promessas do clube. Assim, muitos garotos terão a oportunidade de se firmar no Campeonato Paraibano.
- Já fazia parte do grupo de profissionais, mas agora é diferente, Quando subi estava nervoso, sentia mais a pressão. Hoje estou tranquilo e vou realizar o meu sonho que é ser titular no time de cima - disse o atacante Júnior Mandacaru, autor do gol do Auto na derrota por 2 a 1 no jogo-treino
Junior Mandacaru, atacante do Auto Esporte, em jogo-treino no Mangabeirão (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco) 
Junior Mandacaru diz que está mais tranquilo para jogar nos profissionais do Auto Esporte em 2014(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
O meia Gil também já teve oportunidade de treinar entre os profissionais em 2013. Mas sabe que desta vez a responsabilidade será ainda maior, com a decisão do Auto de valorizar as categorias de base no Paraibano do próximo ano.
- Esse friozinho na barriga é normal. Todo jogador sente isso. Tudo que quero é jogar e depois ir para um grande clube, quem sabe, na Europa. É um sonho que começa aqui - filosofou o meia, que chegou ao Auto Esporte há quatro meses vindo do Sport.
Outro destaque do novo time do Auto é o zagueiro Douglas Silva. Ele espera ganhar a confiança do técnico e assim fazer parte do elenco profissional do ano que vem.
- Fomos campeões de juniores invictos, mas o foco sempre foi chegar ao time principal. Agora é a nossa hora. Quero muito fazer história no Auto Esporte.
Jazon Vieira, técnico do Auto Esporte (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco) 
Jazon Vieira veio de Caicó para observar o amistoso no Mangabeirão (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
O jogo-treino desta quinta-feira foi o primeiro passo para a garotada chegar aos profissionais. Da cabine de imprensa, Jazon observou a movimentação do time e parece ter gostado do que viu.
- Temos que observar com atenção para não cometermos nenhuma injustiça. A gente sabe que o jogador nessa idade sente a responsabilidade, ainda mais quando está sendo observado pela comissão técnica do profissional. Mas deixei claro para eles que quem tiver condições vai jogar no Auto Esporte. Esse é um trabalho que todo clube deve fazer, que é valorizar as categorias de base - prometeu Jazon, que veio de Caicó-RN apenas para observar o jogo-treino.
Lista de reforços
De qualquer forma, o treinador sabe que o Auto Esporte não poderá contar apenas com a garotada. E já prepara uma lista de reforços, contando com jogadores experientes para 2014.Após o jogo-treino, o comandante se reuniu com o presidente Manoel Demócrito e entregou uma lista de reforços para o ano que vem.
- Quero estar com todos o elenco fechado no fim do mês para, aí sim, iniciarmos a nossa preparação para a estreia no Campeonato Paraibano - finalizou o treinador.
Jazon Vieira observa time do Auto Esporte (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)Técnico do Auto observou o jogo-treino das cabines do Mangabeirão (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
 
Globoesporte.com/PB